Juliano Vanelli, 24 anos, recomeçou a vida depois de um homicídio que cometeu em 2005. Mesmo depois de cumprir a pena e voltar a trabalhar honestamente, longe da vida do crime, ele pode ter sido morto por vingança.

Por volta de 19h20 de domingo, ele estava em frente a uma lanchonete, na esquina das ruas Fra Angelico e Lourival Pinheiro, no Guabirotuba, quando dois homens de moto chegaram, atiraram contra ele e fugiram. A motocicleta CG 150 KS preta ainda foi vista rondando a região, minutos depois do crime.

Juliano levou sete tiros e foi levado por amigos até o Hospital Cajuru, onde morreu ainda durante a noite. De acordo com o delegado Rubens Recalcatti, titular da Delegacia de Homicídios, Juliano cumpriu pena por um homicídio cometido em dezembro de 2005 e trabalhava como caminhoneiro para refazer a vida, mas pode ter sido morto por vingança.