Um assaltante morreu e outro foi preso depois de trocar tiros com policiais militares da Rone (Rondas Ostensivas de Natureza Especial), na tarde de ontem, em Piraquara.

A polícia ainda procura por dois marginais. Por volta de 15h30, a quadrilha tentava roubar um ferro-velho no Jardim Tropical quando foi flagrada por uma viatura da Rone, que fazia patrulhamento na região em busca de assaltantes de uma padaria em Pinhais.

Segundo o soldado Reginaldo, que atendeu à ocorrência, ao perceber a presença da PM, um dos ladrões atirou contra a viatura, que estava na Rua Itaqui. Em seguida, os quatro fugiram.

Um dos assaltantes foi em direção a um matagal e entrou em confronto com os PMs. Helisson Gláucio da Silva, o “Sassá”, 21 anos, foi ferido e encaminhado ao Hospital Cajuru, em Curitiba, onde morreu.

O comparsa, Rafael Everton Souza Motim, 18 anos, foi preso em flagrante no quintal de uma casa e encaminhado à Delegacia de Piraquara, onde foi autuado por roubo.

Outros

Com os bandidos, a polícia recuperou dois revólveres calibre 38. Uma das armas foi tomada em assalto de um vigilante do posto da Sanepar, no bairro Santa Mônica, na tarde de quinta-feira. O vigia reconheceu o bandido preso.

“Antes de assaltar o ferro-velho ontem, a quadrilha também tentou roubar outro posto da Sanepar no Jardim Tropical e trocaram tiros com vigilantes”, contou o soldado. Conforme o policial, Rafael já tem passagem por roubo e “Sassá” era um ladrão bastante conhecido na região.