Um adolescente de 16 anos que estava em uma bicicleta morreu ao ser atropelado por um carro na manhã deste domingo (14), na Rua João Bettega, esquina com a Rua General Potiguara, no Fazendinha, em Curitiba. O acidente ocorreu próximo ao cemitério Jardim da Saudade, quando o adolescente cruzou a General Potiguara, ainda com o semáforo aberto para o veículo que vinha pela João Bettega.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

A informação de que o semáforo da Rua João Bettega estava verde foi confirmada pelo tenente Willian Strugala, do 23.° Batalhão da Polícia Militar (PM). “A viatura foi acionada por populares e chegou ao local para atendimento. Testemunhas disseram que o sinal estava verde, mas a bicicleta cruzou a rua mesmo assim”, disse Strugala. Ainda conforme o tenente, o adolescente chegou a ser atendido pelo Siate, mas morreu a caminho do Hospital do Trabalhador.

+ Leia mais: Delegado atira contra bombeiro no Centro, após mandar oficial correr

A esposa do motorista do carro, um Ford K Sedan, disse que ela e o marido estavam indo para o Tribunal de Justiça, onde tinha uma prova seletiva de estágio que ela faria. A mulher lamentou o acidente e ainda confirmou, que apesar do carro ser estar sinalizado como cadastrado em um aplicativo de transporte individual, o veículo não estava a trabalho no momento do acidente.

A esposa do condutor também contou que eles só passaram por ali naquele momento, porque esqueceram um documento e foram obrigados a voltar para pegar em casa. E embora estivessem atrasados para a prova, ela disse que estavam na velocidade permitida na via. O casal estava na João Bettega sentido Centro.

+ Leia também: Gaeco encontra celular em cela de PM preso acusado de estuprar e matar jovem

Revolta

No local, os parentes da vítima estavam revoltados. O pai do adolescente chegou a pegar a bicicleta que estava no asfalto e atirá-la sobre o capô do carro. Não há informações se a vítima estava usando capacete. Segundo a PM, testemunhas disseram que o adolescente chegou a ser arremessado com o impacto da batida. O corpo dele teria pegado em cheio no para-brisa. Agora, os motivos do acidente serão investigados.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Carro capota na Linha Verde e motorista ‘some’ após acidente