enkontra.com
Fechar busca

Curitiba e Região

Bicicleta x carro

Adolescente morre ao ser atropelado em rua movimentada de Curitiba

  • Por Alex Silveira

Um adolescente de 16 anos que estava em uma bicicleta morreu ao ser atropelado por um carro na manhã deste domingo (14), na Rua João Bettega, esquina com a Rua General Potiguara, no Fazendinha, em Curitiba. O acidente ocorreu próximo ao cemitério Jardim da Saudade, quando o adolescente cruzou a General Potiguara, ainda com o semáforo aberto para o veículo que vinha pela João Bettega.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

A informação de que o semáforo da Rua João Bettega estava verde foi confirmada pelo tenente Willian Strugala, do 23.° Batalhão da Polícia Militar (PM). “A viatura foi acionada por populares e chegou ao local para atendimento. Testemunhas disseram que o sinal estava verde, mas a bicicleta cruzou a rua mesmo assim”, disse Strugala. Ainda conforme o tenente, o adolescente chegou a ser atendido pelo Siate, mas morreu a caminho do Hospital do Trabalhador.

+ Leia mais: Delegado atira contra bombeiro no Centro, após mandar oficial correr

A esposa do motorista do carro, um Ford K Sedan, disse que ela e o marido estavam indo para o Tribunal de Justiça, onde tinha uma prova seletiva de estágio que ela faria. A mulher lamentou o acidente e ainda confirmou, que apesar do carro ser estar sinalizado como cadastrado em um aplicativo de transporte individual, o veículo não estava a trabalho no momento do acidente.

A esposa do condutor também contou que eles só passaram por ali naquele momento, porque esqueceram um documento e foram obrigados a voltar para pegar em casa. E embora estivessem atrasados para a prova, ela disse que estavam na velocidade permitida na via. O casal estava na João Bettega sentido Centro.

+ Leia também: Gaeco encontra celular em cela de PM preso acusado de estuprar e matar jovem

Revolta

No local, os parentes da vítima estavam revoltados. O pai do adolescente chegou a pegar a bicicleta que estava no asfalto e atirá-la sobre o capô do carro. Não há informações se a vítima estava usando capacete. Segundo a PM, testemunhas disseram que o adolescente chegou a ser arremessado com o impacto da batida. O corpo dele teria pegado em cheio no para-brisa. Agora, os motivos do acidente serão investigados.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Carro capota na Linha Verde e motorista ‘some’ após acidente

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

18 Comentários em "Adolescente morre ao ser atropelado em rua movimentada de Curitiba"


Carlos Muniz
Carlos Muniz
4 meses 9 dias atrás

Realmente a Prefeitura e o IPPUC, deveriam ser condenados a indenização, haja visto que esses incompetentes determinam que tem que ter espaço de 1,5 m das bicicletas mas, os bicicleteiros acham que são donos das faixas e acaba acontecendo essas tragédias.

Denival Jeter Guimarães
Denival Jeter Guimarães
4 meses 9 dias atrás

Mais uma morte na conta do IPPUC, prefeitura e Greca. E eles são os verdadeiros culpados sim, não implantam ciclofaixas, fazem binários, obrigam os motoristas dos coletivos a extrapolarem os limites de velocidade e não respeitar sinais. O resultado é esse: trânsito com altas velocidades e mortes.

sidnei pereira
sidnei pereira
4 meses 9 dias atrás

Realmente é uma fatalidade….porém poderia ter sido evitada…Alguem já viu um ciclista parar no sinal vermelho??…a Lei diz que o motorista deve manter uma distancia de 1,5m do ciclista, porem o ciclista não mantem essa distancia do carro…o que fazer??…

Fabiano Duarte
Fabiano Duarte
4 meses 9 dias atrás

Sabemos que ciclistas precisam respeitar as leis de trânsito, mas se motoristas meia roda já falham furando sinais e preferenciais o que dizer de um moleque de 16 anos, idade em que se vive no mundo da lua

Mais Do Mesmo
Mais Do Mesmo
4 meses 9 dias atrás

“O corpo dele teria “pegado” em cheio no para-brisa”
Meu deus, nem o word estão usando para redigir os textos.

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas