Um adolescente, de 16 anos, foi morto com pelo menos 15 tiros, em uma casa em construção, na Rua Senador Alo Guimarães, Vila Lotiguassu, no Uberaba, por volta de 16h20 de ontem.

O garoto era suspeito de ter participado do assassinato de Antônio Alves, 44 anos, na semana passada, na Rua Sargento Luiz Gonzaga Martins Ribas, bem próximo de onde ele foi morto.

Antônio foi socorrido pelos Siate e levado de helicóptero ao Hospital de São José dos Pinhais, mas morreu em seguida. Segundo o cabo Cezar, do 20.º Batalhão da Polícia Militar, logo depois do crime, dois adolescentes foram detidos, mas um deles foi liberado e sobreviveu alguns dias até ser assassinado na tarde de ontem.

Correria

Nenhum morador quis contar à polícia o que viu. “Apenas soubemos que o tiroteio aconteceu na rua e o rapaz correu para se esconder na obra”. A vítima foi ferida com 10 tiros nas costas, três na cabeça e dois nos braços de uma pistola calibre 380. As cápsulas foram recolhidas pelo perito do Instituto de Criminalística.