O adolescente Robson do Nascimento Pimentel, 17 anos, morreu no Hospital do Trabalhador às 6h30 da manhã de hoje (22), vítima de um tiro na cabeça. Ele foi alvejado na Travessa Aramis Millarch, Tatuquara, durante a madrugada e minutos depois, socorrido pelos bombeiros.

Segundo a polícia, no momento dos disparos, Robson estava acompanhado de um amigo, também adolescente, que conseguiu fugir. O colega seria o verdadeiro alvo do atirador.

‘Os dois estavam em uma área frequentada por adolescentes para usar drogas. Porém, ao que tudo indica, Robson era um garoto de bem. Recebemos informações de que queriam matar o amigo dele‘, afirmou o delegado Rubens Recalcatti da Delegacia de Homicídios. Ainda de acordo com o delegado, o adolescente que estava com a vítima foi ouvido durante a manhã de ontem.

Conforme a investigação, o assassino estava em um carro vermelho, acompanhado de outros indivíduos. ‘Eles fugiram logo em seguida e ainda não foram identificados‘, explicou o delegado. O corpo de Robson foi levado ao IML da capital para ser periciado, em seguida foi liberado pela família.