Os irmãos Everton e Cleverson Vargas, suspeitos de causarem a morte da youtuber Isabelly Cristine Santos no Litoral do Paraná, admitiram terem consumido bebidas alcoólicas antes do crime. O relato foi obtido em depoimento à Polícia Civil na delegacia de Matinhos, nesta quarta-feira (21), quando os dois contaram ter ingerido cervejas em uma lanchonete em que estavam com familiares. As informações são da RPC.

Em salas de depoimento separadas, os irmãos contaram que estavam com a família na lanchonete e beberam cerveja em pouca quantidade, compartilhada com os familiares presentes. Durante o depoimento, os suspeitos estavam acompanhados do advogado de defesa, Claudio Dalledone Júnior. Os irmãos Vargas encontram-se detidos desde o dia 15 de fevereiro, quando foram presos em flagrante após a confusão no trânsito que terminou com Isabelly baleada. Na noite do dia 15, a prisão foi convertida em preventiva.

As declarações de Everton e Cleverson foram confirmadas por imagens de câmeras de segurança da rua em frente à lanchonete. Com o acesso à comanda dos irmãos, a polícia pôde identificar que todo o grupo consumiu oito cervejas. O estabelecimento fica no balneário de Santa Terezinha, em Pontal do Paraná, onde os irmãos ficaram por cerca de três horas. De acordo com as imagens, a família deixou o local cerca de 15 minutos antes de Isabelly ser baleada.

Reconstituição do crime

Para ajudar nas investigações, uma reconstituição do crime será feita na manhã desta quinta-feira (21). Três quadras da PR-412 serão bloqueadas por cerca de duas horas. Nenhum veículo ou pedestre poderá passar pela região no período. Será usado um helicóptero. A simulação terá a presença das pessoas envolvidas no acidente – como a mãe de Isabelly , o amigo da família que dirigia o veículo e os irmãos Vargas – além de 30 agentes da Guarda Municipal, Polícia Civil e Polícia Rodoviária Estadual. A polícia quer descobrir se os motoristas poderiam ter agido de outra forma e qual foi o momento em que os tiros começaram.

Paciente que recebeu fígado da youtuber Isabelly não resiste e morre no hospital