Dois policiais militares ficaram feridos num acidente entre um Doblô e uma viatura da Polícia Militar (PM) na noite desta quarta-feira (10) no cruzamento das ruas Fernandes de Barros com Professor Brandão, no Alto da XV, em Curitiba, onde acidentes têm sido constantes, segundos moradores da região. O motorista do Doblô foi preso por estar embriagado.

A viatura foi atingida na traseira pelo Fiat Doblô. No cruzamento não existe semáforo, mas sim sinalização alertando da preferencial que é para quem segue pela Rua Professor Brandão. Segundo os policiais envolvidos no acidente, o motorista do Doblô não respeitou a sinalização e passou direto.

Acidente com viatura cristo rei
Foto: Colaboração/PM.

Com o impacto da colisão, a viatura foi jogada contra um poste. No carro, além do motorista, havia também uma passageira, que não se machucou. Os dois policiais ficaram feridos e foram encaminhados ao Hospital do Trabalhador, onde foram medicados e liberados.

Motorista preso

Policiais do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (BPTran) registraram o acidente. Dentro do Doblô, conforme a PM, havia algumas latas de cerveja e ao fazer o teste do bafômetro, os policiais descobriram que o motorista estava embriagado. O homem foi encaminhado à Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran).

Segundo a Polícia Civil, o teste apontou 0,73 miligramas de álcool por litro de ar expelido, mais do que o tolerado, de 0,3 miligrama, para que o condutor seja apenas multado e não preso. Foi estipulado fiança e, após pagar o valor de um salário mínimo, R$ 937, o motorista foi liberado. Conforme apurou a Tribuna do Paraná, ele vai responder em liberdade.

Cruzamento tenso

Segundo quem mora na região, pequenos acidentes no cruzamento têm sido comuns. O fator que mais tem causado as colisões é a falta de visibilidade.

Foto: Colaboração/PM.
Foto: Colaboração/PM.