Até sexta-feira (10), os homens que passarem pela Boca Maldita, no Centro, poderão fazer teste de glicose e de colesterol de graça. O atendimento é feito das 10h às 16h30 em uma tenda montada em frente ao Edifício Garcez. A ação tem o nome de Agosto Azul e é um alerta para que os homens quebrem tabus e cuidem da saúde.

“Além dos testes, convocamos os homens para buscar a rede básica de atenção à saúde para fazer avaliações rotineiras e prevenir doenças. Os homens só costumam procurar o médico em caso de emergência”, diz a coordenadora de Saúde do Homem da Secretaria Municipal da Saúde, Cristina Ferraz.

Nas unidades de saúde da Prefeitura, 70% dos pacientes são mulheres e crianças. “Por darem prioridade ao trabalho em vez da saúde, os homens têm perdido anos de vida e chegam a morrer até oito anos mais cedo que as mulheres”, lembrou Cristina.

O aposentado Diclei Mellinger, de 67 anos, não perde a chance de se cuidar. Faz exames anualmente e aproveitou a passagem pelo Boca Maldita nesta quinta-feira (9) para o teste de glicemia. Saiu de lá feliz.

“Tive uma surpresa agradável, a taxa de açúcar no sangue baixou bastante desde a última vez que fiz o exame”, contou  Mellinger. “Vou até tomar uma taça de vinho para comemorar”, brincou.

Agosto Azul é uma parceria das secretarias municipal de estadual da Saúde.  Além dos testes, os homens têm orientações sobre alimentação saudável e vários tipos de doença, como as hepatites. As informações são repassadas com ajuda de Hiram Albuquerque, Carlito Wagner Moreira e Oliverio Ribeiro, conselheiros municipais da Saúde.

“Eu mesmo sou um exemplo de como é importante se cuidar, já tive várias patologias e estou vivo porque procurei auxílio”, contou Albuquerque. As mulheres que passarem pela Boca Maldita também podem fazer os testes.