enkontra.com
Fechar busca

Curitiba e Região

Enxame

Abelhas atacam passageiros em estação tubo. Cinco foram pro hospital

Passageiros de uma estação tubo no Portão acabaram vítimas de um ataque de abelhas. Cinco ficaram feridos e forma pro hospital

  • Por Redação / Tribuna do Paraná
Abelhas atacaram passageiros que estavam em uma estação tubo no bairro Portão. Foto: Lineu Filho/Tribuna do Paraná
Abelhas atacaram passageiros que estavam em uma estação tubo no bairro Portão. Foto: Lineu Filho/Tribuna do Paraná

Dois incidentes com abelhas acabaram com cinco pessoas no hospital na tarde desta quarta-feira (2) em Curitiba. No mais grave, em uma estação tubo do bairro Portão, os insetos atacaram os passageiros do transporte coletivo que estavam no local, e cinco foram enviados ao Hospital do Trabalhador. No outro, as abelhas estavam instaladas no terreno de uma casa, no Sítio Cercado, e chegaram a atacar quatro moradores. Eles, porém, não foram feridos com gravidade.

Segundo explicou o Tenente Filipak, do Corpo de Bombeiros, os locais foram isolados após os ataques, que não são tão comuns. “Elas [abelhas] estavam bastante dispersas. Nós isolamos o local e as vítimas foram atendidas pelo Siate”, comentou, sobre a situação no Portão.

A diferença para a situação no Sítio Cercado é que nesta os insetos já estavam instalados na casa, com a ‘colmeia’ estabelecida. De acordo com Filipak, as abelhas foram retiradas da casa pelos Bombeiros. “Fizemos o combate, o isolamento, e com o tempo elas acabaram dispersando porque a gente acabou com o local delas”, explicou.

Cuidados

Como a abelha é um inseto comum no dia a dia da cidade, são muitos os casos em que elas se estabelecem em residências, em árvores em frente a prédios ou em mobiliários urbanos. Segundo o Tenente, a recomendação mais importante que pode ser dada pelo Corpo de Bombeiros é que as pessoas mantenham a distância dos animais. “A dica principal é nunca se aproximar”, comentou.

Em alguns casos, as pessoas acabam tentando retirar as abelhas de sua casa, atitude que também não é recomendável, segundo Filipak. “A orientação dos Bombeiros é para, caso perceba que elas estão agitadas, atacando, acionar a corporação pra analisar a situação que, se precisar, a gente faz a remoção. Nunca tentar tirar e não se aproximar”, completa.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias de hoje sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Mãe e filho são encontrados mortos em caso misterioso nesta quarta em Curitiba

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

6 Comentários em "Abelhas atacam passageiros em estação tubo. Cinco foram pro hospital"


JOAQUIM  TEIXEIRA IRA
JOAQUIM TEIXEIRA IRA
5 meses 20 dias atrás

Tente pedir para os Bombeiros. Já tive que eliminar por conta própria 3 vezes um ninho de vespas, que insiste em morar na minha casa. Acho que são do MVST.

João Silva
João Silva
5 meses 20 dias atrás

Alguém diga para o estagiário que tem que informar o nome da estação-tubo onde aconteceu o incidente no Portão!

João Silva
João Silva
5 meses 20 dias atrás

Ah, nem precisa mais, na Banda B a reportagem está completa: tubo Itajubá, no Novo Mundo!

Anônimo
Anônimo
5 meses 21 dias atrás

Complementado 2 . Então aconselho o Tenente e o jornal a se informarem melhor antes de informar inverdades ! E sim abelhas são um assunto importante e causam grandes transtornos!

Anônimo
Anônimo
5 meses 21 dias atrás

Complementando 1 . Tentei em outros lugares e me pediram valores absurdos para retirar os insetos ! No final das contas consegui tirar os insetos sem eliminar os mesmo ! Mas com certeza não com ajuda dos bombeiros !

Anônimo
Anônimo
5 meses 21 dias atrás

Lamentável a postura do Tenente Filipak , ou é mal informado ou é mentiroso !Minha residência fica bairro Xaxim em Curitiba dia 22/12/2018 a foi atacada por abelhas e se colocaram dentro de um armário, tenho as imagens ! Liguei em todos os números dos bombeiros e não fui atendido!

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas