A tentativa de fuga de presos que ocorreu na madrugada desta quinta-feira (24) no 12º Distrito Policial, em Santa Felicidade, por conta da superlotação na carceragem da delegacia, resultou na transferência de 30 dos 84 detentos. A delegacia tem capacidade para 26 indivíduos.

Durante a rebelião, os detentos promoveram um quebra-quebra na delegacia e duas celas foram destruídas. A revolta foi controlada, mas no final da manhã de hoje (24), os presos voltaram e se revoltar, pois queriam a transferência de todos os detentos.

A polícia controlou novamente a situação e realizou a transferência dos 30 detentos. Segundo o delegado Vinicius Carvalho, os presos foram transferidos no início da tarde de hoje (24).

“Eles foram encaminhados ao sistema penitenciário. A carceragem ainda está lotada, mas há um acordo de que, em 45 dias, toda a população carcerária excedente nas delegacias de Curitiba será transferida para o sistema penitenciário”.

A assessoria de imprensa da Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (Seju) confirmou que há um acordo com a Secretaria da Segurança Pública (Sesp), para que no prazo de 45 dias, que começou a contar na segunda-feira (21), 130 presos que estão nas delegacias de Curitiba sejam transferidos para o sistema penitenciário, mas negou que esta transferência tenha relação com a rebelião que aconteceu na 12ª DP nesta madrugada.