As projeções de mercado para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) neste ano caíram de 2 52% para 2,48% em pesquisa semanal do Banco Central (BC) divulgada hoje. Esta foi a sétima queda consecutiva destas previsões, que estavam em 3,09% há quatro semanas. As reduções começaram a ocorrer após a divulgação do resultado do PIB no terceiro trimestre do ano, quando apresentou retração de 1,2%.

As expectativas de aumento da produção industrial neste ano, por sua vez, ficaram estáveis em 3,15%. Há quatro semanas, estas estimativas estavam em 3,69%. Para 2006, as expectativas de crescimento do PIB ficaram inalteradas em 3,50% pela 33º semana seguida. As previsões de crescimento da produção industrial no próximo ano aumentaram, por sua vez, de 4,10% para 4,50%. Com a alta, as estimativas voltaram ao patamar projetado na semana retrasada.