As projeções de mercado para o crescimento da produção industrial neste ano
recuaram de 4,50% para 4,39% em pesquisa semanal do Banco Central (BC) divulgada
hoje. A despeito desta redução, as estimativas de crescimento do Produto Interno
Bruto (PIB) continuaram estáveis em 3,50%. As estimativas de aumento da produção
industrial para o próximo ano caíram, ao mesmo tempo, de 4,60% para 4,20%. A
queda não chegou a afetar as previsões de crescimento do PIB para 2006, que
continuaram estáveis em 3,50% pela terceira semana consecutiva.