O Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) informou que o crédito ao consumidor norte-americano sofreu uma contração de US$ 1,2 bilhão em setembro, para US$ 2,366 trilhões. É a maior queda desde abril de 1.992. A expansão do crédito em agosto foi revisada para US$ 9,1 bilhões; a estimativa preliminar era uma expansão de US$ 5,0 bilhões. Analistas previam para setembro uma expansão do crédito de US$ 6,0 bilhões. As informações são da Dow Jones.