Apesar da expectativa gerada pela vinda da CPI Mista do Banestado a Curitiba, os depoimentos apresentados hoje durante a audiência pública no plenarinho da Assembléia Legislativa pouco acrescentaram às informações que já haviam sido colhidas: ?Não são muitas, mas há alguma novidade?, concluiu o relator, deputado José Mentor (PT-SP). Segundo ele, ?está se confirmando a forma como as coisas ocorreram. O Banco do Estado do Paraná tinha uma política agressiva de captação de recursos em função das dificuldades financeiras em que se encontrava. Também se desvenda a forma como o Banco Central exercia seu papel de fiscalizador dessas operações todas?. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)