A CPI do Banestado aprovou nesta quinta-feira dois requerimentos da senadora Serys Slhessarenko (PT-MT) solicitando a convocação do ex-prefeito de São Paulo, Celso Pitta, para prestar depoimento, e a quebra dos seus sigilos fiscal, bancário e telefônico. O relator da CPI, deputado José Mentor (PT-SP), afirmou que agora, diante do atual estágio de investigações da comissão, o momento é adequado para aprovação desses requerimentos. A data do depoimento de Pitta ainda será agendada.

Serys Slhessarenko apresentou os requerimentos baseada em denúncias feitas pela própria ex-mulher do prefeito, Nicéia Pitta. O deputado José Mentor afirmou, ao relatar detalhes sobre as investigações realizadas por ele em diversos estados, que deverá, nos próximos 15 dias, receber documentos envolvendo no âmbito de investigação da comissão o ex-governador de São Paulo, Paulo Maluf.