Marília (AE) – O Corinthians ainda não conseguiu marcar ponto em 2005. Sem os astros contratados pela MSI, o time voltou a ter atuação pífia neste sábado e acabou derrotado pelo Marília por 1 a 0, em Marília. O fato mais lamentado pelos corintianos foi a falha da defesa e, principalmente do goleiro Fábio Costa, num dos últimos lances do jogo, aos 44 minutos do segundo tempo, que resultou no gol da equipe da casa, marcado por Frontini.

Fábio Costa deixou o campo abatido e pediu desculpas aos torcedores e aos companheiros. "Não adianta você fazer boa partida e falhar num lance, peço desculpas à torcida", declarou o goleiro, que, antes do erro, havia feito pelo menos três ótimas defesas. O camisa 1 do Corinthians errou duas vezes na jogada. Primeiro, ao repor de forma equivocada a bola. Depois, ao rebater mal um chute de Wellington Amorim, permitindo que Frontini marcasse o gol.

De qualquer maneira, não se pode culpar o goleiro pela derrota. Não fosse ele, o adversário poderia ter aberto o placar antes. Essa foi a análise feita pelo técnico Tite. "Futebol não se faz em cima de pressão, individualizando erro", comentou. "Se fizéssemos gol lá na frente, não teríamos perdido." Na visão do treinador, o time não jogou tão mal e, se tivesse sido um pouco mais feliz nas finalizações, poderia até ter saído com os 3 pontos.

Na estréia, quarta-feira, o Corinthians havia perdido para outra equipe considerada "pequena", o Mogi Mirim, em pleno Pacaembu, por 2 a 1. Para um Campeonato Paulista em que o sistema de disputa é por pontos corridos, a recuperação se torna bem mais complicada depois de duas derrotas. Mesmo para quem contará com a entrada de Tevez, Carlos Alberto e Sebá, entre outros.

Equilíbrio

O único contratado da MSI a estrear foi o volante Marcelo Mattos, ex-São Caetano, que atuou como zagueiro. Teve desempenho regular. O jogo foi equilibrado. As equipes criaram boas oportunidades de gol, principalmente em chutes de longa distância, mas pararam nos goleiros, Fábio Costa pelo Corinthians, e Guto pelo Marília. Quando tudo indicava que o jogo terminaria sem gol, Fábio Costa errou e Frontini aproveitou a chance. O Corinthians busca os primeiros pontos em 2005 na quarta-feira, contra o Atlético Sorocaba.

Ficha Técnica

Marília: Guto; Fabinho, César, Wladimir e Cláudio; Beto (João Marcos), Jéfferson, Juninho e Sérgio Manoel (Éder); Ricardinho (Wellington Amorim) e Frontini. Técnico: Luís Carlos Martins.

Corinthians: Fábio Costa; Anderson, Betão e Marcelo Mattos; Edson, Coelho (Marquinhos), Rosinei (Roger), Renato (Bobo) e Fininho; Jô e Gil. Técnico: Tite.

Gol:Frontini aos 44 minutos do segundo tempo.

Árbitro: Edílson Pereira de Carvalho.

Renda: Não divulgada.

Público: Não divulgado.

Local: Estádio Bento de Abreu, em Marília