As promessas de Renato Duprat, homem forte do futebol no Corinthians, começaram a ser cumpridas. Após a dispensa do atacante Amoroso na semana passada, o treinador Emerson Leão foi demitido nesta terça-feira.

Além deles, pelo menos outros cinco jogadores serão liberados para atuar em outras equipes antes do início do Campeonato Brasileiro, que começa no dia 12 de maio.

Os mais ameaçados são os laterais Wellington e Marcos Tamandaré, o zagueiro Gustavo, o volante Daniel e o meia Roger. Os quatro primeiros foram indicados por Leão para reforçar a equipe na atual temporada.

Já o meia/ala Rosinei também deve deixar o Parque São Jorge. Com proposta do Internacional, atual campeão da Libertadores da América e da Copa do Mundo de Clubes da Fifa, o jogador recebeu no início do ano uma oferta para ampliar o seu contrato com o time da capital paulista, mas o atleta faz jogo duro – seu vínculo atual acaba no dia 31 de dezembro.

A diretoria corintiana ofereceu R$ 1 milhão de luvas e salários mensais de R$ 60 mil, mas Rosinei quer receber R$ 2 milhões de luvas e salários de R$ 110 mil, além de um novo contrato de três anos e meio e mais 40% no direito do contrato em caso de uma futura negociação para a Europa.

Caso o acordo não seja fechado nos próximos meses, o jogador, que recebe menos que o reserva Marcos Tamandaré, pode assinar um pré-contrato com outra equipe a partir de julho.

O seu provável destino deve ser mesmo o Inter, que há três meses ofereceu o volante Perdigão e o lateral Rubens Cardoso em troca do jovem de 22 anos, mas o Corinthians recusou.

Além dele, o clube sofre para renovar com o zagueiro e capitão Betão, com o goleiro Marcelo e com o lateral Edson. Somando a isso, em agosto termina o empréstimo do volante Magrão, que tem passe preso ao Yokohama Marinos. O clube japonês já antecipou que não irá fazer novo empréstimo.

Em quatro meses de temporada, o Corinthians já perdeu o jovem ala Fagner, que foi para o PSV da Holanda, os atacantes Jaílson e Christian, que acertaram com o russo Rubin Kazan e Internacional, respectivamente.

Já o meia Elton foi negociado com o Steaua Bucareste (Romênia) e o zagueiro Marquinhos pediu dispensa depois de ter sido ameaçado pela torcida.

Antes do Paulistão começar, Coelho (Atlético Mineiro), Gustavo Nery (Zaragoza-ESP) e Carlos Alberto (Fluminense) também saíram. O atacante Nilmar, que se recupera de operação no joelho direito pode ser o próximo a aumentar a lista.