O Conselho de Ética da Câmara manteve para hoje a audiência em que serão ouvidos os deputados José Linhares (PP-CE) e Agnaldo Muniz (PP-RO), testemunhas de defesa no processo de cassação de José Janene. Os dois já avisaram que não vão depor. A tomada dos depoimentos está prevista para as 9h30 na Câmara.

O parlamentar paranaense responde a processo disciplinar por ter sido incluído no relatório preliminar das comissões parlamentares mistas de inquérito da Compra de Votos e dos Correios, ambas já encerradas, como um dos beneficiários de recursos repassados pelas empresas de Marcos Valério Fernandes de Souza. Apontado como um dos operadores do suposto esquema de compra de votos da base aliada, o publicitário e empresário mineiro teria repassado a Janene R$ 4,1 milhões. O relator do processo é o deputado Jairo Carneiro (PFL-BA).