O DER (Departamento Estadual de Estradas e Rodagem) encaminhou hoje as ofertas amigáveis de desapropriação das ações das empresas concessionárias do pedágio Rodonorte e Econorte. O diretor geral do DER, Rogério Tizzot, explicou que as duas empresas têm prazo de quinze dias para consultar seus acionistas e responder ao governo sobre as ofertas.

Tizzot confirmou que o governo está oferecendo R$2,8 bilhões pelas ações da Econorte e R$12,3 bilhões para a Rodonorte. Segundo o diretor geral do DER,  o valor varia em função do número de ações e do patrimônio líquido de cada concessionária. A Econorte administra três praças e a Rodonorte outras sete. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)