A Comissão de Minas e Energia realizará audiência pública com o objetivo de conhecer o planejamento do governo federal para o setor de gás natural como fonte energética para os próximos dez anos. O colegiado também quer se informar sobre as iniciativas governamentais para instalar gasodutos nas regiões que ainda não são abastecidas por gás natural, principalmente a Centro-Oeste. O requerimento para a realização da audiência, do deputado Ronaldo Dimas (PSDB-TO), foi aprovado hoje.

Para o deputado, com a recente nacionalização do gás boliviano a fragilidade no abastecimento de gás natural ficou evidente. "É necessário que se conheça o planejamento de longo prazo para esse setor, com o intuito de diminuir o risco e permitir o abastecimento seguro dos diversos segmentos da indústria nacional", sustentou Dimas.

Convidados

O parlamentar sugeriu que sejam convidados o ministro de Minas e Energia, Silas Rondeau; o presidente da Agência Nacional de Petróleo, Haroldo Lima; o presidente da Petrobrás, José Sérgio Gabrielli de Azevedo; o presidente da Associação Brasileira de Grandes Consumidores Industriais de Energia e Consumidores Livres, Mario Cilento; o presidente da Associação Brasileira da Infra-Estrutura e Indústrias de Base (Abdib), Paulo Godoy; e um representante da Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim).

A data da audiência ainda não foi marcada.