A executiva nacional do PMDB está reunida para decidir o adiamento ou não da convenção do partido, marcada para domingo. O ex-governador e secretário de Governo do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho, participa da reunião, apesar de não ser membro da Executiva. Ele é a favor da convenção e da retirada do apoio do partido ao governo Lula. Ontem, o presidente do PMDB, Michel Temer, antecipou que seria difícil cancelar a convenção, uma vez que o pedido foi apresentado por onze diretórios estaduais.