A Companhia de Habitação do Paraná recebeu duas áreas no município de Ângulo, no norte central do Estado, para a construção de 82 unidades de habitação. A escritura de doação dos terrenos foi assinada nesta segunda-feira (23) pelo presidente da Cohapar, Rafael Greca, e pelo gerente do escritório regional de Maringá , Douglas Carneiro de Oliveira. A doação foi realizada pelo prefeito do Município, José Manoel de Campos Silva. Neste ano, já são mais de 810 unidades em construção, atendendo 12 cidades da regional de Maringá.

Douglas Carneiro de Oliveira ressalta a importância deste tipo de parceria para a execução de projetos habitacionais em todo o Estado. ?É bom frisar que, ao nosso ver, uma doação de área à Cohapar, além de demonstrar a necessidade eminente de moradias no município, mostra também a confiança dos municípios na Companhia, e, por conseqüência, neste governo?, ressalta o gerente da Cohapar em Maringá.

As casas farão parte do programa Casa da Família, no qual as prefeituras são responsáveis por doar terrenos e realizar obras de infra-estrutura para a construção das unidades habitacionais. Os recursos financeiros são provenientes do Governo do Paraná, da União e da poupança dos trabalhadores no Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS), administrado pela Caixa Econômica Federal. A execução do projeto é realizada pela Cohapar.

Das 82 unidades de habitação, 61 serão construídas em Ângulo – 32 na modalidade hipoteca e 29 caução. As demais serão no distrito de Valência, na modalidade caução. Nesta modalidade de financiamento os mutuários assinam o contrato diretamente com a Cohapar e as casas de até 32m2 possuem dois quartos, sala, cozinha e banheiro. Todas em alvenaria, com pisos e telhas de cerâmica e forro de PVC, as casas seguem o mesmo projeto arquitetônico. Já na modalidade hipoteca, os mutuários que ganham de dois a cinco salários mínimos assinam o contrato diretamente com a Caixa Econômica. As casas têm de 44m2 a 66 m2 , dois ou três quartos, sala, cozinha, banheiro e varanda, além de cinco projetos arquitetônicos diferentes.

Regional de Maringá

No período de 2003 a 2006, 354 unidades foram entregues à população na região. Neste ano, já são mais de 810 unidades em construção, atendendo 12 cidades. Deste total, 800 são do programa Casa da Família, sendo que 384 são na modalidade caução e 416 na hipoteca. Há ainda mais 10 unidades da Casa da Família Rural para agricultores rurais.

O programa Casa da Família é considerado o principal programa de habitação popular da Cohapar e tem como objetivo diminuir o déficit habitacional e atender a faixa de renda que mais necessita de moradia. O programa conta com duas modalidades distintas: caução e hipoteca. Na primeira, as casas seguem um mesmo padrão arquitetônico, com 32m2 e 40m2 e é voltado para famílias com renda de até um salário mínimo. Na hipoteca, as casas variam de 40m2 a 63m2 e o projeto varia de acordo com a renda mensal de cada família atendida, que varia de 2 a 5 salários.

Casa da Família Rural

A Cohapar implantou a Casa da Família Rural para atender a demanda por moradias de pequenos agricultores. O programa está inserido no processo de reorganização da agricultura familiar, proposto pelo governo do Paraná. O objetivo do programa é destinar moradias dignas às famílias de pequenos agricultores que vivem precariamente em casas com más condições de conservação.