O cinegrafista da Rede TV Jorge Luiz de Barros, de 53 anos, e o ex-policial militar Nivaldo da Cruz, de 46 anos, foram assassinados hoje por bandidos que atacaram um bar na zona Oeste do Rio. A suspeita inicial dos investigadores que estiveram no local logo após o crime é de que o ataque teria sido dirigido ao ex-policial, expulso da Polícia Civil.

Segundo testemunhas, um grupo de homens armados passou pelo bar dentro de um veículo Fiesta preto, já atirando na direção do ex-policial. O funcionário da Rede TV estava em período de férias. Ele tinha acabado de comprar um refrigerante no bar e estava deixando o local no momento do ataque. O cinegrafista morreu em frente ao estabelecimento. O ex-policial chegou a ser levado ao hospital Albert Schweitzer, mas não sobreviveu.