O Palmeiras tem uma meta nas 10 partidas que ainda lhe restam no Campeonato Brasileiro. Chegar logo a 45 pontos para escapar do rebaixamento. O duelo de domingo com o Atlético-PR, no Palestra Itália, é tido pelos jogadores como divisor de águas da campanha nesta temporada. ‘Se vencermos, vamos a 39 pontos e arrancamos. Já tivemos outras chances de subir na tabela, mas, depois de boa seqüência de vitórias, demos dois passos para trás e sabemos que duas derrotas nos recoloca na zona de descenso’, disse Francis.

Os 3 a 1 sobre o Flamengo ainda servem de estímulo para os atletas e também para o técnico Marcelo Vilar, que resolveu apostar no esquema 4-4-2. Isso tem deixado o grupo animado. ‘Tínhamos de encontrar alternativas, porque já estávamos sendo facilmente marcados’, observou o volante. Edmundo e Juninho são a esperança para a segunda vitória seguida do Palmeiras em casa. O clássico com o Corinthians mudou de 29 para 25 de outubro, às 22 horas, no Morumbi.