Ao comentar sua recente visita a Havana, o presidente venezuelano, Hugo Chávez, afirmou nesta quinta-feira (1.º) que a saúde de Fidel Castro exibe uma notável melhora e que o líder comunista ganhou peso nos últimos dias.

"Diziam que Fidel estava morrendo. Há pessoas que querem que Fidel morra, mas Fidel é teimoso, (exibe) uma notável melhora", afirmou Chávez em referência à reaparição de Fidel na televisão em sua companhia, no dia em que se completou seis meses desde que o presidente cubano delegou o poder em meio a uma onda de rumores sobre supostas complicações em sua saúde.

"Conversamos por duas horas, e ele queria continua falando. E então eu disse que já estava bom, que voltaria", afirmou Chávez, acrescentando que o legendário líder "recuperou vários quilos, caminha mais que eu, lê bastante e continua estudando".