Analistas de destaque, desenvolvedores e líderes de projetos em tecnologia de informação, além de usuários, empresariais, educacionais, executivos de governos e indústrias, participam da 6ª Conferência Anual Européia para Desenvolvedores e Usuários Gnome (Guadec), que iniciou no dia 14 em La Coruña (Espanha) e prossegue de 29 a 31 em Stuttgart, na Alemanha. A conferência é um fórum diferenciado para a definição de direções no desenvolvimento de novas capacidades para a interface software livre GNOME, o ambiente para usuários de computadores desktop, servidores conectados em rede e dispositivos portáteis de acesso à Internet. A Guadec é também um ambiente para a discussão de futuros projetos em software livre, como o conjunto de aplicativos de produtividade OpenOffice.

Entre os palestrantes está o presidente da Companhia de Informática do Paraná(Celepar), Marcos Vinícius Mazoni, que ao lado de momes como os dos principais fundadores do projeto Gnome, Miguel de Icaza e Federico Mena Quintero, o analista de mercado Dan Kusnetzky do IDC e o empresário de tecnologia da informação Mark Shuttleworth, é um dos principais destaques do evento. Mazoni já participou da etapa espanhola do Guadec e deverá fazer palestra na etapa da Alemanha no próximo dia 31, expondo todos os produtos e sistemas desenvolvidos pela Celepar para o governo paranaense com interface Gnome. Grandes empresas de software e hardware dão apoio aos esforços de desenvolvimento do Gnome, que é liderado por uma comunidade de voluntários. A união dos principais desenvolvedores com usuários influentes fez de La Coruña e Stuttgart, neste ano, um destino obrigatório para centenas de participantes de mais de 30 países.

A Guadec também é o local onde pessoas em destaque na comunidade de código aberto e líderes das áreas de tecnologia da informação em governos e empresas estão discutindo estratégias, opções de adoção e o futuro do software de código aberto. Segundo Mazoni, a Conferência Européia não tem como foco apenas novas tecnologias para gerenciar e localizar informações, mas constitui-se em uma oportunidade real para empresários e líderes de governo compartilhar melhores práticas e políticas de migração para um desktop Linux, cujo ambiente operacional é o que cresce com maior velocidade.

Meta4

Ainda na Espanha, o presidente da Celepar tem várias reuniões agendadas com os proprietários do Meta4, um sistema para gerenciamento de todos os elementos relacionados com a gestão de recursos humanos e conhecimento, adquirido pelo governo do Paraná em 2.000 e utilizado até hoje. Os aplicativos do Meta4 têm como característica comum o fato de terem seus componentes totalmente integrados à internet. Além das aplicações de recursos humanos e folha de pagamento, os produtos da Meta4 contam com ferramentas como: consulta, gerador de relatórios, entre outras, que facilitam a pesquisa de dados e posterior tratamento. Durantes essas reuniões, Mazoni pretende discutir com os desenvolvedores do Meta4 melhores condições para o Paraná continuar utilizando esse sistema.