O presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), Ricardo Teixeira, anunciou nesta segunda-feira (21) que o atacante Romário, do Vasco será homenageado por ter marcado o milésimo gol da carreira na vitória sobre o Sport, no domingo, em São Januário. Ainda sem data para acontecer, a homenagem será a entrega da medalha do gol mil (idêntica à que Pelé recebeu) e a camisa oficial referente à marca histórica.

"O Romário merece as homenagens de todos os torcedores brasileiros. A marca que ele atingiu deve estar acima de todas as rivalidades entre clubes. A CBF se sente honrada em poder homenagear um jogador tão importante como ele foi para o futebol e para a seleção brasileira", afirmou Ricardo Teixeira, em um comunicado no site oficial da entidade.

"O Romário fez parte na seleção brasileira de um grupo de jogadores pelos quais tenho um carinho especial. Em 1989, quando assumi, fazia 40 anos que o Brasil não era campeão da Copa América. Ganhamos o título com um gol dele sobre o Uruguai. Em 1994, depois de 24 anos, a seleção conquistou o tetracampeonato mundial", disse.