O governo lançou uma cartilha sobre o Bolsa Família endereçada aos beneficiários do programa. Depois de 36 páginas de texto corrido, a contracapa adverte, em letras miúdas: "Se você ler essa agenda para uma família que faz parte do programa Bolsa Família, passe todas as informações corretamente." O aviso faz sentido. Dados do próprio Ministério do Desenvolvimento Social mostram que 14,6% de todos os beneficiários do Bolsa Família, 3,5 milhões de pessoas, são analfabetos.