Francois-Xavier Marit/AFP

Fabio Capello, o técnico da Inglaterra, disse neste domingo em Bloemfontein que era “incrível a Fifa continuar se negando a recorrer à tecnologia”, no caso do gol de Frank Lampard não considerado válido pelo árbitro , apesar de ter cruzado a linha. “A partida teria sido diferente depois desse gol”, disse o treinador italaino da Inglaterra, referindo-se ao gol que o uruguaio Jorge Larrionda não concedeu a Frank Lampard aos 38 minutos, quando a partida estava no 2-1 a favor da Alemanha. “Cometemos alguns erros e pagamos por eles. Mas o maior de todos foi o do árbitro. Definitivamente, são esses pequenos detalhes que decidem os resultados”, de uma partida, destacou o treinador. “O gol não admitido por Frank Lampard foi um dos momentos mais importantes da partida. Esse gol representava muito. Se tivéssemos empatado, teria sido diferente. “Apesar disso, a Alemanha tem um grande time e jogou muito bem”, reconheceu o italiano.