O município de Campo Largo é o segundo da Região Metropolitana de Curitiba a contar com o Projeto Povo (Policiamento Ostensivo Volante). A comunidade do bairro Ferraria recebeu uma viatura e duas motos que compõem a Estação Povo, nesta quarta-feira (13). Além disso, o município recebeu uma viatura para as vistorias do Corpo de Bombeiros. ?Além de enfrentar a criminalidade, a Polícia Militar está trabalhando em parceria com a comunidade e é isto o que queremos. É isso que dá confiabilidade nos órgãos da segurança pública?, afirmou o secretário da Segurança Pública, Luiz Fernando Delazari.

No bairro residem 35 mil famílias, que começam a ser cadastradas ainda nesta semana. ?Nossa expectativa em receber o Projeto Povo era grande. Nossa comunidade estava carente deste tipo de programa?, afirmou o prefeito Edson Basso. O secretário entregou as chaves das viaturas aos policiais militares cabos Luciano e Portela e soldados Ferraz e Iaguella, que estarão atuando diretamente no projeto. Para o comandante-geral da Polícia Militar, coronel David Antonio Pancotti, ?o policial militar é o ouvidor da comunidade?.

Também esteve presente na entrega das viaturas o secretário-chefe de gabinete do governador Roberto Requião, deputado estadual Wanderlei Iensen. ?Esta é mais uma conquista da população de Campo Largo. Este é apenas um exemplo de tudo o que está sendo feito pelo governo estadual em todo o Paraná?, garantiu.

Na região metropolitana de Curitiba, até agora, apenas Colombo contava com o Projeto Povo. Além de Campo Largo, foram entregues viaturas novas para Araucária, Pinhais, São José dos Pinhais, Almirante Tamandaré e reforçado o atendimento em Colombo. Os novos veículos foram entregues pelo governador Roberto Requião no início da semana.

Bombeiros

Dentro do trabalho preventivo realizado pelo Corpo de Bombeiros, estão as vistorias, principalmente em edificações, onde são verificados os itens de segurança para evitar, entre outros problemas, os incêndios. Nos nove municípios da área de atuação do subgrupamento que está sediado em Campo Largo, são realizadas entre 500 e 600 vistorias ao mês. Para este trabalho, até agora havia duas viaturas disponíveis. Um terceiro veículo foi incorporado à frota para garantir um atendimento ainda mais especializado. Durante a entrega da viatura, o secretário Delazari anunciou que, em breve, Campo Largo também passará a contar com o Siate.