Técnicos do Instituto Ambiental do Paraná (IAP) atenderam nesta sexta-feira (28) um acidente com um caminhão carregado com 45 mil litros de óleo diesel, que tombou e pegou fogo no quilômetro 304 da Rodovia do Café (BR 376) ? próximo ao município de Mauá da Serra (região Norte do Estado). Até o início da tarde desta sexta-feira as duas pistas da rodovia estavam interditadas.

De acordo com o secretário do Meio Ambiente, Rasca Rodrigues, parte da carga escorreu na canaleta de drenagem e atingiu o afluente do Rio do Meio, que deságua no Rio Tibagi. O Rio Tibagi é utilizado para abastecimento do município de Londrina. A Sanepar informou que o abastecimento da cidade não será afetado. ?Nestes casos, a restauração do dano ambiental é responsabilidade da empresa proprietária da carga, da transportadora e do receptor?, informou Rasca. ?Em caso de multa, os três co-responsáveis são autuados?, disse.

A carga pertencia à empresa Estrada Distribuidora de Petróleo, de Araucária, e seguia para Cascavel, para ser entregue à empresa Dibens Lisen; o caminhão pertencia à empresa transportadora Safra Lisen.

Os técnicos do Instituto monitoraram a contenção do vazamento, orientando a instalação de barreiras de contenção, e o transbordo da carga que restou no caminhão. Também foram coletadas amostras da água do rio para avaliar o dano ambiental. O resultado sai em aproximadamente 15 dias.