A Caixa Econômica Federal pretende aumentar em 50% o volume de transações de crédito neste ano em relação ao ano passado, quando as contratações ficaram 28% acima de 2002. O presidente da instituição, Jorge Mattoso, salientou que, no ano passado, os empréstimos concedidos pela Caixa superaram a média de crescimento das concessões feitas pelo sistema financeiro, que ficou em 9%. Ele revelou que, até o final deste mês, os contratos de financiamento para obras de saneamento básico somarão R$ 1,8 bilhão.

Segundo Mattoso, a cifra ficou em apenas R$ 1,7 bilhão em 2003, porque as assinaturas dos contratos só puderam ser viabilizadas no final do ano. Mesmo assim, ele acrescentou, ?atingimos um volume sete vezes maior do que nos governos anteriores?.