A partir de amanhã agências da Caixa Econômica Federal (CEF) vão abrir uma hora mais cedo em oito capitais, para o pagamento das diferenças do FGTS dos planos Collor I e Verão para trabalhadores com mais de 60 anos de idade.

O esquema será adotado em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, Salvador, Florianópolis e Recife até o dia 24. O horário especial foi definido levando em consideração as cidades onde haveria o maior número de pessoas atingidas pela medida, segundo a CEF.

Os beneficiários, cerca de 461 mil, vão receber de uma única vez os valores que seriam pagos em parcelas semestrais. Além dos trabalhadores com idade igual ou superior a 60 anos, terão direito ao saque os dependentes de pessoas falecidas e que tinham a receber valores acima de R$ 2.000.

O pagamento das diferenças foi determinado pela Medida Provisória 185, assinada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O pagamento dos atrasados injetará R$ 2,74 bilhões na economia.

O interessado deve comparecer à agência levando documentos pessoais, número do PIS ou o extrato do FGTS.