O diretor-presidente demissionário da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Milton Zuanazzi, já entregou ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva a sua carta com o pedido de exoneração do cargo. Ele esteve no Palácio do Planalto mas não conversou com os jornalistas. A íntegra da carta de Zuanazzi deve ser publicada na página da Anac na internet ainda nesta quarta-feira.

Ele renunciou à presidência da agência porque "não gostaria de trabalhar" com o ministro da Defesa, Nelson Jobim. Sua saída é esperada desde a posse do ministro da Defesa, Nelson Jobim, no dia 25 de julho, após o acidente do Airbus da TAM, no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, que deixou 199 mortos.