A Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro instaurou nesta quinta-feira (13) uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar os Jogos Parapan-Americanos, disputados na cidade de 12 a 19 de agosto. A proposta foi feita pelo vereador Márcio Pacheco (PSDB), que pretendia apurar especialmente o descaso do Comitê Organizador da competição (CO-Rio) com os atletas paraolímpicos.

O principal incidente durante a competição foi a morte do mesa-tenista argentino Carlos Maslup, que sofreu um acidente vascular cerebral (AVC), passou por hospitais públicos do Rio e morreu. Ao contrário do Pan, que tinha um plano de saúde como patrocinador oficial, o Parapan contou apenas com a rede pública para cuidar de eventuais emergências com os atletas.