São Paulo (AE) – O Vaticano confirmou ontem que a canonização do frei Galvão será realizada no dia 11 de maio, em São Paulo. A cerimônia será presidida pelo papa Bento XVI. O nome de batismo do frei Galvão, Antonio Di Sant?anna, apareceu ao lado dos nomes de quatro outros beatos que também serão canonizados até junho deste ano.

O anúncio foi publicado na página da internet do Vaticano, depois da reunião de cardeais presidida pelo papa. Em dezembro, Bento XVI havia confirmado oficialmente a realização do segundo milagre de frei Galvão, uma exigência da Igreja Católica para a canonização.

A cerimônia vai acontecer durante a missa no campo de Marte, zona norte de São Paulo. A solenidade no Brasil será uma exceção à tradição católica. Até o papado de João Paulo II, elas eram feitas no Vaticano. Nascido em Guaratinguetá, no interior de São Paulo, em 1739, frei Antonio Sant?anna Galvão será o primeiro santo de origem brasileira. Desde o anúncio da canonização, o santuário do frei, localizado na capital paulista, virou roteiro de peregrinação de fiéis.