O tradicional arroz Uncle Ben’s, comercializada nos Estados Unidos desde 1946 e no Brasil desde 1977, vai mudar de nome e retirar o rosto do homem negro da sua marca. A alteração acontece em meio aos recentes protestos nos Estados Unidos que considerou a marca racista. O novo nome passa a ser Ben´s Original a partir de 2021.

A alteração foi anunciada em um comunicado denominado “Nós ouvimos. Nós aprendemos. Estamos mudando”.  A Mars Food, detentora da marca, explicou que após ouvir milhares de consumidores e pessoas associadas à empresa, entendeu que poderia alterar o nome e o rosto da Uncle Ben’s.

O rosto utilizado nas embalagens era de um cozinheiro de Chicago, chamado Frank Brown, e o Tio Ben que dá nome à marca foi inspirado em um fazendeiro negro do Texas, conhecido pela qualidade do arroz que produzia. A remoção do “Tio” e da imagem do homem negro de cabelos brancos irá ajudar, segundo a Mars Food, a criar uma imagem mais igualitária. Além da mudança estética, a empresa informou que pretende realizar mais ações de inclusão e dar oportunidades educacionais a empreendedores culinários.

A marca no Brasil

No site oficial da marca no Brasil ainda não há nenhuma referência à mudança do nome Uncle Ben’s. Mas um vídeo que faz parte da campanha publicitária de um risoto de vegetais não está mais disponível.

Mudanças nas marcas

Depois da morte de George Floyd e dos protestos que a seguiram, foram anunciadas uma série de mudanças em marcas de produtos em todo o mundo. A Nestlé também anunciou mudanças em suas linhas de doces. No Brasil a marca de esponja de aço “Krespinha” foi retirada do mercado em junho pela Bombril. A ação foi tomada pela empresa após forte repercussão nas redes sociais e a Bombril chegou a receber uma advertência do Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (CONAR).