A direção da Universidade de Brasília (UnB) espera, com o auxílio da Internet, diminuir o número de furtos que vêm ocorrendo dentro do campus e chegar ao responsável por uma das últimas ações, ocorrida no dia 8 de julho no interior da UnB TV.

Segundo informações e imagens divulgadas pelo site da universidade, um homem vestindo camisa e calça social entra na UnB TV, aperta a mão do vigilante, se identifica como professor e segue em direção à sala de edição de vídeos. Ele revira estantes e objetos e leva uma minicâmera e dois laptops.

Após circular por cinco minutos e deixar o setor, agradece e deseja boa noite ao funcionário da segurança. A Polícia Federal esteve no local para coleta de impressões digitais e depoimentos na última segunda-feira. Há suspeita de participação de um segundo criminoso, que aparece nas imagens. De janeiro a junho deste ano, 70 furtos foram registrados pela Coordenadoria de Proteção ao Patrimônio (CoPP) da UnB, sendo que 33 deles semelhantes ao ocorrido na UnB TV.