As 72 ruas de Porto Alegre cobertas por copas de árvores entrelaçadas, conhecidas localmente como “túneis verdes”, serão protegidos por uma legislação especial aprovada pela Câmara de Vereadores na quarta-feira. A cidade já tem 15 logradouros declarados por decreto como áreas de uso especial de caráter ecológico, turístico e cultural e outros 57 com características semelhantes, que poderão ganhar a mesma condição por meio de portarias, resoluções de conselhos ou leis municipais.

Quando for sancionada pelo prefeito José Fortunati (PDT) e entrar em vigor, a legislação vai exigir que a poda não desfigure a paisagem, que os cabos de energia sejam instalados em vias subterrâneas e que as árvores mortas sejam substituídas por exemplar da mesma espécie. Entre os “túneis verdes” da capital gaúcha estão os das ruas Gonçalo de Carvalho, apelidada de “rua mais bonita do mundo”, no bairro Independência; Silveiro, no Menino Deus; Santa Terezinha, no Bom Fim, e Souza Doca, no Petrópolis.