Belo Horizonte – O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), voltou ontem a negar que haja uma disputa entre o Estado e São Paulo pela presidência nacional do partido. "É uma falsa questão. O PSDB vive um grande momento de uma unidade que em poucas vezes na história do partido nós alcançamos", disse. Segundo Neves, "o presidente do partido é o prefeito de São Paulo, José Serra, e caberá a ele encaminhar a sua sucessão", afirmou. "(Serra) fará isso no momento em que achar mais adequado", completou.