O suplente de senador Edison Lobão Filho vai assumir nesta quarta-feira (30) o mandato no Congresso, às 17 horas, no lugar do pai, Edison Lobão que se licenciou para comandar o Ministério de Minas e Energia. Como o Congresso está de recesso até depois do carnaval, a cerimônia não será no plenário, mas no gabinete do presidente do Senado, Garibaldi Alves (PMDB-RN).

O novo senador assume sob suspeita de envolvimento em irregularidades. Ele é acusado de sonegação de impostos. Porém, a posse de Lobão Filho é possível porque, pelas normas do Congresso, não são impeditivas acusações referentes a atos anteriores à posse no mandato de senador.