O relator do caso do mensalão no Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, determinou na terça-feira (17) o início da oitiva das mais de 500 testemunhas de defesa listadas pelos 39 réus do processo. Elas serão ouvidas em 14 Estados e no Distrito Federal, por juízes federais que já atuaram no caso. O prazo para que essas pessoas sejam inquiridas é de 1 a 80 dias, a partir do recebimento do pedido de Barbosa, de acordo com o número de testemunhas.