O plenário do Senado aprovou hoje um projeto que autoriza a infiltração de agentes de polícia na internet para investigar crimes de pedofilia. O projeto segue agora para a Câmara dos Deputados. A proposta é de autoria da CPI da Pedofilia.

A infiltração precisa ser precedida de uma autorização judicial. Para pedir a infiltração, o Ministério Público ou o representante do delegado de polícia deverá justificar o motivo, o alcance das tarefas que serão realizadas e o nome ou apelido do investigado. O pedido poderá contar ainda com os dados de conexão ou cadastrais para permitir a identificação da pessoa investigada.

O relator, senador Demóstenes Torres (DEM-GO), destacou que a infiltração de agentes pode ajudar na investigação e também na prevenção deste tipo de crime.

Outro projeto aprovado pelo Senado hoje proíbe a concessão de visto a estrangeiro que seja indiciado por crime de pedofilia em outro país.