Pelo menos seis ônibus que circulavam pela zona sul em Porto Alegre foram incendiados na noite desta terça-feira, 1. De acordo com a Brigada Militar, as ações ocorreram nas Avenidas Oscar Pereira e Eduardo Prado, na Rua Ventos do Sul e no bairro Restinga, extremo sul da capital gaúcha, considerado um dos locais mais violentos.

Na Avenida Oscar Pereira, pelo menos cinco criminosos atearam fogo em dois coletivos. O grupo bloqueou a avenida com pedaços de madeira e apedrejou os ônibus. O motorista ficou ferido na cabeça e junto com os passageiros foi obrigado a deixar o veículo. Tiros foram disparados contra o para-brisa, mas nenhum passageiro foi atingido. Na Rua Ventos do Sul, seis homens fortemente armados desceram do carro e incendiaram outros dois ônibus, no final da linha. Já na Avenida Eduardo Prado, segundo a polícia, o ataque teria acontecido com pelo menos dois motociclistas.

Os atos teriam sido motivados em retaliação a uma operação da polícia para combater o tráfico de drogas em bairros da zona sul. Na tarde da segunda-feira, 30, um traficante teria sido morto por policiais.

Após os ataques, linhas de ônibus que circulam na zona sul de Porto Alegre operam com restrições desde o início da manhã desta quarta-feira, 2.