enkontra.com
Fechar busca

Brasil

RS registra cinco mortes pelo vírus H1N1 em agosto

O anúncio foi feito na última quinta pela secretaria de saúde do estado

A Secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul publicou na quinta (16) um novo boletim em que registra cinco mortes provocadas pelo vírus Influenza H1N1 em agosto – a mais recente ocorrida no último sábado (11). Nos onze primeiros dias de julho, o estado registrou 15 mortes. Desde janeiro, o Rio Grande do Sul contabiliza 59 pacientes mortos.

A Secretaria de Saúde de Santa Catarina também divulgou novo boletim hoje em que informa que a última morte provocada pelo vírus Influenza H1N1 ocorreu há mais de três semanas, no último dia 23 de julho.

Santa Catarina é o estado que apresenta maior número de óbitos provocados pelo Influenza H1N1 este ano. São 73 mortes desde janeiro.

Os três estados da Região Sul, que, juntos, têm 167 mortes confirmadas em 2012, apontam uma queda na curva de mortalidade da doença nas últimas semanas. O Paraná, com 35 mortes, divulgará novo boletim na próxima segunda-feira (20).

O Ministério da Saúde informa que o antiviral oseltamivir, conhecido pelo nome comercial Tamiflu, é mais eficaz nas primeiras 48 horas do surgimento dos sintomas. O medicamento diminui as chances de evolução da doença para um quadro grave.

Os médicos estão orientados a receitar o oseltamivir a todos os pacientes com síndrome gripal residentes nos estados onde há maior circulação do vírus, mesmo antes de resultados de exames ou sinais de agravamento. A síndrome gripal é caracterizada pelo surgimento simultâneo de febre e tosse ou dor de garganta, além de dor de cabeça, nos músculos ou nas articulações.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas