O presidente do Senado, Renan Calheiros, encaminhou nesta segunda-feira (11) ao Conselho de Ética do Senado sua defesa sobre o processo aberto a pedido do PSOL sobre a acusação de suposta quebra de decoro parlamentar. A documentação de Renan Calheiros foi encaminhada ao Conselho por seu advogado Eduardo Ferrão. Renan teria o prazo de cinco sessões regimentais para entregar sua defesa ao conselho, mas decidiu se antecipar e apresentar nesta segunda-feira toda a documentação. O teor da defesa, porém, não foi divulgado.