Brasília – O deputado Rodrigo Maia (PFL-RJ), relator da comissão do Congresso que analisa a medida provisória sobre o salário mínimo, entregou ontem seu parecer sobre o assunto e sugeriu que o valor da remuneração fique em R$ 275. A MP enviada pelo Executivo fixou o valor em R$ 260. Segundo o relatório de Maia, o salário teria de ser fixado em R$ 295 em 2004 para que o presidente Lula consiga cumprir sua promessa de dobrar o valor do mínimo até o fim de seu mandato. Entre as fontes de recursos que poderiam custear a elevação do mínimo, segundo o deputado, estão o excesso de arrecadação em relação à lei orçamentária de 2004, no valor de R$ 1,7 bilhão.