São Paulo – A operação Leão Expresso 2, da Receita Federal, apreendeu nesta quinta-feira (13) cerca de R$ 1,2 milhão em mercadorias irregulares nas agências dos Correios em todo o Brasil. Só na capital paulista foram apreendidos R$ 300 mil em produtos.

Cerca de 300 auditores fiscais e analistas tributários participaram da ação. Em São Paulo, a operação ocorreu entre 2 horas e 8 horas e resultou na apreensão de câmeras digitais, produtos de informática, tênis, óculos e perfumes, entre outras mercadorias.

De acordo com a assessoria de imprensa da receita em São Paulo, os produtos eram comercializados por sites e lojas virtuais, sem documentos fiscais e sem pagamento de impostos.

A remessa era feita por meio dos Correios. Tanto os remetentes como os destinatários das mercadorias serão investigados pela Receita Federal.

Para a apreensão das mercadorias, os funcionários da Receita usaram scanners para identificar o conteúdo dos pacotes. Caso fossem considerados suspeitos, os pacotes eram abertos pelos agentes.