Um avião monomotor caiu no aeroporto Senador Petrônio Portella, em Teresina, capital do Piauí, na noite desta segunda-feira, 16, e matou os quatro tripulantes. Segundo o Corpo de Bombeiros, o piloto e os passageiros eram um professor e três estudantes do Curso Superior de Pilotagem Profissional de Aeronaves do Centro de Ensino de Teresina (CET).

 

Marcos Escorcio, Rodrigo Viana, Guilherme Rodrigues e Marcos Ronald sobrevoavam a pista do aeródromo quando ocorreu o acidente. A suspeita é que eles estavam realizando um treinamento. Os bombeiros não sabem ainda se houve problemas mecânicos no avião ou se a queda foi causada por erro humano.

 

O monomotor explodiu após a queda e os corpos foram encontrados carbonizados, o que dificultou a identificação. Como o avião caiu em uma área descampada do aeródromo, nenhuma estrutura foi danificada.

Quatro viaturas de combate a incêndios e um caminhão de resgate, além das unidades do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), foram acionados. Das 19h, horário estimado do acidente, até as 21h30 o aeroporto ficou interditado para pouso e decolagem.