Uma quadrilha de cerca de dez assaltantes realizou um arrastão em um prédio de luxo no Campo Belo, zona sul de São Paulo, na noite de ontem. Vinte e sete moradores, sendo cinco crianças, e dois funcionários foram feitos reféns na sala de ginástica e ameaçados. Os ladrões entraram em sete dos 16 apartamentos – todos duplex – e roubaram dinheiro, joias e objetos pessoais.

Segundo a polícia, dois criminosos danificaram a cerca elétrica do edifício por volta das 19h30, pularam o muro, renderam o porteiro e o segurança e abriram o portão para os demais comparsas. Moradores que deixavam seus apartamentos e os que chegavam ao prédio eram rendidos pela quadrilha e colocados na sala de ginástica.

O grupo demonstrava conhecer detalhes dos moradores e fugiu cerca de duas horas depois, levando o computador que registra as imagens do circuito interno de segurança. Eles concentraram a ação em valores de fácil transporte – dinheiro, joias e objetos pessoais – e não roubaram eletroeletrônicos dos apartamentos.

A polícia chegou ao local após o término da ação e até a manhã de hoje ninguém havia sido preso. O crime foi registrado no 27º Distrito Policial, do Campo Belo.